MOVIMENTO GREENK REALIZA 2ª EDIÇÃO DO GREENK TECH SHOW EM 25 AO 27 MAIO 2018

Criado para conscientizar e mobilizar as pessoas sobre a importância do descarte correto do lixo eletrônico, o Movimento Greenk anunciou a 2ª edição do Greenk Tech Show, o maior festival de tecnologia e sustentabilidade do Brasil, O evento será realizado nos dias 25, 26 e 27 de maio no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

 

Se na edição do ano passado, realizada na Bienal do Ibirapuera, o evento arrecadou 2,7 toneladas de e-lixo (um recorde no país), para este ano os organizadores pretendem alcançar uma meta ainda mais ambiciosa: coletar 10 toneladas de e-lixo das chamadas linhas verde e marrom (computadores, smartphones, tablets, fios, baterias, carregadores, monitores, aparelhos de tv e rádio, entre outros), um recorde mundial. “Apostamos na diversidade de atrações para chamar a atenção de toda a família para a importância do descarte correto do e-lixo”, explica Fernando Perfeito, CEO do evento.

Para convocar os “greenks” de todas as gerações, já está confirmada a presença da e-Sports Zone By ESL, que contará com a organização da ESL  Brasil, onde acontecerão campeonatos profissionais com a presença de times, show matches do Torneio Intercolegial Greenk e campeonatos multiplataformas com a participação do público. Outro destaque será a Drone Zone by MiranteLab (plataforma de experimentação formada por representantes da cultura maker), onde o público poderá passar pela experiência de pilotar um drone, acompanhar uma corrida com pilotos profissionais e até aprender a montar o seu próprio drone, em workshops.

 

O inédito Torneio Intercolegial Greenk reunirá cerca de 100 mil alunos de escolas públicas e privadas, promovendo campeonatos de e-sports entre alunos,  presentações ligadas à tecnologia e sustentabilidade e, ao final, vai consagrar a escola que captar a maior quantidade de e-lixo.

A Arena Geek do Greenk Tech Show vai contar com a presença dos principais influenciadores digitais em apresentações divertidas, além de muito conteúdo geek, Já na Arena do Conhecimento e Inovação, os visitantes vão poder assistir a palestras e apresentações de empresários e empreendedores de destaque na nova economia, falando sobre sustentabilidade, startups e incentivo ao ensino da ciência e da tecnologia.

 

Inclusão digital

Assim como na edição anterior, todo mundo que levar seu e-lixo para descartar no Greenk Tech Show paga somente meia entrada. “Somos o único evento que reúne tecnologia e várias atrações por um propósito ambiental. Queremos toda a sociedade engajada no desafio do descarte correto do lixo eletrônico”, explica Perfeito.

Com inúmeros componentes químicos altamente tóxicos, como o alumínio, mercúrio, brumo, chumbo, entre outros, o e-lixo, se descartado incorretamente, pode contaminar solos e lençóis freáticos causando enorme risco à saúde. Por outro lado, se descartados da maneira correta, a quase totalidade de e-lixo pode retornar à indústria como matéria-prima para fabricação de novos equipamentos, seguindo as normas da logística reversa e da Economia Circular.

 

Segundo relatório da ONU, o Brasil é o segundo maior produtor de e-lixo das Américas (atrás apenas dos Estados Unidos), e sétimo maior do mundo, com mais de 1,5 mi de toneladas geradas por ano. Atualmente, apenas 3% deste total é descartado corretamente, contra 36% do México e 22% dos EUA, por exemplo. Os países que lideram o descarte correto do lixo eletrônico no mundo são Suíça e Noruega com 74%.

Com o inevitável crescimento da presença da tecnologia no nosso dia a dia, e o lançamento contínuo de novidades na indústria, o cenário fica ainda mais preocupante não só no Brasil, mas em todo o mundo.

 

Todo e-lixo arrecadado pelo Greenk Tech Show será coletado por empresas credenciadas pela Green Eletron, Gestora para Resíduos de Equipamentos Eletrônicos e pela ABRIN (Associação Brasileira de Reciclagem e Inovação). Depois da triagem, o e-lixo em condição de recondicionamento será enviado aos Centros de Recondicionamento de Computadores (CRCs), que integram o  Programa e a Política de Inclusão Digital do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

 

Graças à parceria entre o Movimento Greenk, o MCTIC e a Prefeitura de São Paulo, os computadores recondicionados, em perfeito estado, serão doados para escolas públicas municipais. O equipamento que não puder ser recondicionado  será descartado corretamente, retornando como matéria-prima para a indústria.

 

Saiba mais sobre o Movimento Greenk:

O Movimento Greenk foi criado para conscientizar a sociedade sobre a importância do descarte correto do lixo eletrônico, principalmente do e-lixo das chamadas linhas verde e marrom (computadores, smartphones, tablets, fios, baterias, carregadores, monitores, aparelhos de tv e rádio, entre outros).

 

Greenk é a junção das palavras “Geek” (apaixonado por tecnologia) com “Green” (verde e meio ambiente). A ideia é exatamente esta: reunir diversas atrações do universo geek, como tecnologia, games, youtubers, cosplays, moda, atitude,  música, drones, para conscientizar e mobilizar as pessoas para o descarte correto do e-lixo.

 

Com forte atuação nas redes sociais, o Movimento Greenk realiza várias ações educativas em parques e escolas e, com o apoio de parcerias estratégicas, tem realizado conquistas concretas para a sociedade. Recentemente, em parceria com a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente da cidade de São Paulo, anunciou a implantação de 15 pontos públicos de coleta de lixo eletrônico nosprincipais parques do município. Uma iniciativa inédita, sem nenhum custo para os cofres públicos, graças ao patrocínio do Principado de Mônaco.

 

 

GREENK TECH SHOW

Dias 25, 26 e 27 de maio

Pavilhão do Anhembi

Veka mais em www.greenk.com.br