Movimento Greenk anuncia 3ª edição do Torneio Intercolegial

Durante o lançamento do programa Lixão Zero do Governo Federal, em cerimônia no Palácio do Planalto, o Ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles assinou acordo entre o Ministério e o Movimento Greenk, com o objetivo de apoiar e reconhecer as iniciativas educacionais ambientais do Movimento, em especial o Torneio Greenk Intercolegial.
 
Na mesma cerimônia, o Presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto que regulamenta a logística reversa de produtos eletroeletrônicos. Com isso, as empresas do setor têm regulamentado o compromisso de implantarem sistemas de coleta e destinação correta ao chamado lixo eletrônico, bem como apoiarem campanhas de educação ambiental, seguindo as diretrizes do Acordo Setorial assinado entre o ministério e entidades da indústria, em outubro de 2019.
 
“Este é um marco para o Movimento Greenk, pois o decreto estabelece definitivamente o compromisso das empresas para a causa do descarte correto de lixo eletrônico, bem como o reconhecimento das atividades de educação ambiental, permitindo que empresas engajadas possam participar ativamente de nossos projetos. Também estabelece instrumentos para a fiscalização das empresas que não colaborarem com a causa”, afirma Fernando Perfeito, diretor geral do Movimento Greenk.
 
O apoio do Ministério do Meio Ambiente tem o objetivo de reconhecer as iniciativas do movimento e apoiar o cumprimento da meta das campanhas ambientais no primeiro semestre de 2020, em especial no Dia Internacional do Meio Ambiente.
 
Em busca de recorde mundial, em evento da PEA/UNESCO, Foi lançada a 3ª edição do Torneio Greenk Intercolegial.
 
No sábado, 15 de fevereiro, o Movimento Greenk anuncia a 3ª edição do Torneio Greenk Intercolegial, no colégio Guilherme Dumont Villares, em São Paulo. O evento de lançamento contará com a presença de diretores, coordenadores e representantes de mais de 300 escolas das redes pública e particular de ensino do estado de São Paulo, que compõem o Programa de Escolas Associadas da UNESCO (PEA/UNESCO).
 
Depois de mobilizar em 2019 mais de 150 escolas, 200 mil alunos e arrecadar 228 toneladas de e-lixo, um novo recorde na América latina, a meta dos organizadores para a edição deste ano é ainda mais ambiciosa: arrecadar 600 toneladas de lixo eletrônico, novo recorde mundial.
Para tanto, o Movimento Greenk espera mobilizar cerca de 1 milhão de alunos em 600 escolas de todo o estado de São Paulo. Assim como nas edições anteriores do Torneio Greenk Intercolegial, as escolas vão competir em diferentes categorias, como Torneio de Arrecadação de e-lixo, Torneio de e-Sports, Projetos de Sustentabilidade e Tecnologia, entre outros. A maior competição ambiental entre escolas do país tem início em março e encerramento em agosto de 2020.
 
No evento, representantes do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), patrocinador das ações do Movimento Greenk, irão entregar certificado de honra ao médio às melhores escolas do 2 o Torneio Greenk Intercolegial, realizado em 2019, e anunciar a doação de 60 computadores para as escolas públicas melhores pontuadas na edição.
 
 
Saiba mais sobre o Movimento Greenk
 
O Movimento Greenk é uma startup de marketing de causa, criada em 2017, para conscientizar a sociedade sobre a importância do descarte correto de lixo eletrônico, principalmente do e-lixo das chamadas linhas verde e marrom (computadores, smartphones, tablets, fios, baterias, carregadores, monitores, aparelhos de tv e rádio, entre outros). Para este objetivo, foca suas atividades na geração que já nasceu digital, a Geração Z, utilizando elementos da cultura digital Geek para promover a causa ambiental.
 
Por isto, Greenk é a junção das palavras “Geek” (apaixonado por tecnologia) com “Green” (verde e meio ambiente). Promove ações de educação ambiental em escolas com o Torneio Greenk Intercolegial, fomenta a instalação de pontos de coleta de lixo eletrônico nas cidades, em parceria com a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente (SVMA) da Prefeitura de São Paulo – atualmente conta com um total de 15 pontos, 13 instalados nos principais parques da cidade de São Paulo e dois pontos nas sedes da Prefeitura e da SVMA. Promove também o primeiro e maior evento de tecnologia e sustentabilidade do país, o Greenk Tech Show, que atualmente se encontra em sua terceira edição.
 
Em suas atividades, o Movimento Greenk já coletou mais de 340 toneladas de lixo eletrônico, cujo descarte correto e reaproveitamento de matéria-prima resultam em uma redução de emissões de mais de 116,9 toneladas de CO2.
 

Deixe uma resposta