Entrevista com Ivan Freitas da CCXP

OG : Bem, inicialmente muito obrigado por conceder um pouco do seu tempo. Para começarmos poderia nos dizer o seu nome e idade? No momento você Trabalha, Faz Faculdade?

Ivan Freitas ,Sou publicitário formado pela FAAP (SP) e MBA em Marketing (FEA/USP), escritor, colecionador, curador, executivo de marketing, sócio-fundador da Chiaroscuro Studios (www.chiaroscuro-studios.com) e responsável pela curadoria de quadrinhos e pelas atividades de marketing da CCXP – Comic Con Experience (www.ccxp.com.br), Com 19 anos de atuação como executivo de marketing em empresas como Banco Real, Sé Supermercados, Ericsson, Insper, FAAP e FIAP.

Autor dos livros “Marketing Cultural: O patrocínio de atividades culturais como ferramenta de construção de marca” (2004) e “Ícones dos Quadrinhos” (2013).

Fui curador do segmento de quadrinhos norte-americanos do FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte (www.fiqbh.com.br) nas edições de 2007, 2009, 2011 e 2013 do evento.

 

OG : OG : Todo mundo tem uma história para começar, você começou a colecionar HQ, coisas Nerd por influência ou você teve a ideia por si mesmo?

Ivan F. : Em Janeiro de 1985 eu tinha 12 anos, estava em férias escolares e meu pai me levou para conhecer o trabalho dele. Eu fiquei a manhã toda pedindo dinheiro para comprar um gibi e, na hora do almoço, ele me deu 2 mil cruzeiros e fui correndo a uma banca que ficava na rua Martins Fontes, no centro de São Paulo.

 

Eu comprei Heróis em Ação nº 7, que tinha o Esquadrão Atari na capa, com desenho do José Luiz Garcia-Lopez. Adorei todas as histórias mas aquela que me fisgou mesmo foi a dos Novos Titãs, com um dos capítulos da Saga de Trigon, até hoje entre as minhas histórias favoritas de todos os tempos e origem de minha adoração pelo trabalho do George Pérez. Desde então a coleção somente cresceu e se diversificou, passando a incluir originais e colecionáveis entre outros itens.

Esboço-para-uma-das-páginas-duplas-de-Superman-Paz-na-Terra-e-cartão-postal

” Esboço para uma das páginas duplas de Superman: Paz na Terra, incluindo o roteiro produzido por Alex Ross e que serviu de base para o texto final, escrito por Paul Dini.  Ao lado, cartão postal com a imagem finalizada, autografado por Alex Ross. ”

 

OG : Qual foi o sua primeira peça de colecionador?

E quais foram suas motivações para continuar a colecionar?

E dentre todas , qual foi a maior dificuldade que você encontrou para achar uma peça de sua coleção?

Ivan F. : Falando especificamente de colecionáveis e não de HQs, acho que as peças mais antigas que eu tenho são umas maquetes da série animada de Liga da Justiça que vem com uma hélice nas costas de cada personagem, para serem presos no teto e ficarem voando. Comprei o Batman e o Superman – os únicos que chegaram ao Brasil pelo que me recordo – e consegui dos demais (Lanterna Verde, Mulher-Maravilha e Flash) em viagens ao exterior. O impulso do colecionador é a necessidade quase biológica (ou mesmo patológica) de completar as coisas, de não deixar “buracos”.

Na época nem era tão fã dos outros personagens, mas senti uma certa “necessidade” de comprar esses também, ainda que fosse algo tão trabalhoso.

Talvez a peça mais difícil de adquirir foi a estátua da série Batman Black & White com design do Mike Mignola. Iniciei a coleção alguns anos depois de essa peça ter sido lançada e ela esgotou rapidamente. Consegui adquirir a estátua, porém com um ágio considerável. Mas coleção é coleção!

 

OG : De todos a sua coleção, qual o seu favorito?

Ivan F. : A capa original de Green Lantern #1 pintada por Alex Ross.

GL1a

“GREEN LANTERN #1 com uma capa alternativa desenhada pelo artista Alex Ross. ”

 OG : Colecionador de artes originais no Brasil, quantas páginas originais ,HQ , Action Figure, entre outras raridades você possui atualmente catalogado?

Ivan F. : Sou o maior colecionador brasileiro de artes originais de histórias em quadrinhos e um dos maiores do mundo, com um acervo de mais de 1.000 desenhos originais e de 5.000 revistas, além de pôsteres, litogravuras, placas de impressão e outros itens de produção de HQs e algumas centenas de colecionáveis, além de dezenas de milhares de HQs.

 

OG : Já aconteceu alguma tragédia envolvendo suas preciosidades?

Ivan F. : Colecionáveis e faxineiras não são bons amigos e já tive algumas estátuas danificadas.

atual10675_10153731400483438_4265068892838296828_n

” Vitrine com colecionáveis, incluindo as coleções completas das séries Batman Black & White, DC Cover Girls e Man of Steel, entre outras peças. ”

OG : Como você guarda sua coleção de HQs ,Páginas originais, desenhos, qual técnica usar para conservá-los ?

Ivan F. : Colecionáveis ficam em uma vitrine fechada com porta de vidro para evitar poeira, posicionada de forma a não receber luz solar direta para que as cores não desbotem com o passar do tempo. HQs ficam em sacos plásticos acid-free e dentro de armários de aço. Os originais ficam lacrados em plásticos acid-free e dentro de pastas de portfolio.

 

OG : Como foi a experiência de ser curador da exposição ÍCONES DOS QUADRINHOS?

Ivan F. : Foi um projeto que levou dois anos para ser estruturado e minha última exposição para o FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos após as premiadas Criando Quadrinhos (2011) e Batman 70 Anos (2009). O resultado é uma prova da generosidade de artistas brasileiros e estrangeiros que toparam participar desse projeto ambicioso premiado com o Troféu HQMIX de Melhor Exposição (2013).

Diorama-da-Batcaverna-dentro-da-exposição-Batman-70-Anos-no-FIQ-2009 ” Diorama da Batcaverna dentro da exposição Batman 70 Anos no FIQ 2009 ” 

OG : O que o mundo “Geek , Nerd “  trouxe de bom para a sua vida pessoal ?

Ivan F. : Trouxe tudo: identidade, amigos, reconhecimento e, atualmente, também é a base da minha vida profissional.

 

OG : Como surgiu a ideia de fazer a Comic Com?

Ivan F. : Criar uma comic con no Brasil era um sonho antigo dos organizadores da CCXP – Omelete, Chiaroscuro Studios e PiziiToys – até que finalmente esse grupo se reuniu em meados de 2013 para começar a trabalhar a sério nesse projeto.

Uma vez formado esse “dream team nerd” que reunia competências executivas e operacionais à verdadeira paixão pelo tema, ficou claro que a primeira edição da CCXP já deveria ser um evento de grande porte.

CCXP01

” CCXP 1° Edição 2014 ”

OG : Qual a importância da Comic Con na sua visão?

Ivan F. : A comic con contribui para dar visibilidade para esse mercado e para esse público, ao mesmo tempo que aponta os caminhos para sua profissionalização. É por esse motivo que não permitimos a venda de produtos piratas dentro da CCXP e também por isso que realizamos o CCXP Business Summit, um evento paralelo para falar dos desafios e oportunidades do mercado nerd/geek no Brasil.

 

12) OG : Já aconteceu alguma coisa engraçado ou inusitada com você em um evento ?

Ivan F. : Diversas: das pernas bambearem ao encontrar um quadrinistas do qual sou fã a perder (e depois encontrar) minha carteira em plena New York Comic Con.

 11415580_981778108507074_1715248695066319855_o

” CCXP 2015 com Algumas atrações :

– John Rhys-Davies, o anão Gimli da trilogia O Senhor dos Anéis;
– Steve Cardenas, o Ranger Vermelho de Power Rangers, O Filme;
– Caity Lotz, a Canário de Arrow e Legends of Tomorrow;
– Misha Collins, o Castiel de Supernatural.

OG : Você curte games? Joga algum online ou console? Se sim, qual é seu jogo favorito?

Ivan F. : Não curto games.

 

OG : Qual é a sua opinião sobre os eventos Nerd, Geek atualmente?

Ivan F. : Acredito que o florescimento dos eventos do gênero nos últimos anos foi algo muito bem-vindo e que o próximo passo evolutivo é a profissionalização desses eventos, tanto na operação (melhores instalações e recursos para fãs e expositores) como a contribuição para o aperfeiçoamento do mercado, incluindo aí a ” proibição da venda de itens piratas ” como acontece na CCXP.

 

OG : Por fim, muito obrigado pela sua participação e por nos ceder essa entrevista. Se você quiser, deixe uma mensagem para seus fãs Geek e amigos!

Ivan F. : Vivemos uma fase de ouro para os fàs de cultura nerd/geek e esperamos todos vocês para celebrar os personagens e mundos que tanto amamos na CCXP, de 3 a 6 de dezembro no São Paulo Expo.

11402759_10154063461033438_5626984700966545459_o

You may also like...

Deixe uma resposta