/* ]]> */

Entrevista Thabata Pellegrini

OG : Bem, inicialmente muito obrigado por conceder um pouco do seu tempo. Para começarmos poderia nos dizer o seu nome e idade?

Thabata  : Agradeço pela oportunidade ^^. Meu nome é Thabata Pellegrini, mas todos me chamam de Bah. Tenho 24 anos.

Cosplay Zatanna Zatara

OG :  No momento você trabalha, estuda ou faz faculdade?

Thabata  : Sou formada há dois anos, fiz Bacharel em Biblioteconomia (Biblioque? rs) sou Bibliotecária e trabalho em uma Biblioteca Universitária no setor de Processamento Técnico e Referências.

 

OG : Quando foi o seu primeiro contato com animes?

Thabata  : Desde pequena rs. Meu pai sempre gostou da cultura nerd em geral, isso é claro há mais de 20 anos atrás. Mas  ele tinha um gosto especial pelos programas japoneses, lembro que assistia Cavaleiros do Zodíaco, Shurato, Sailor Moon e Yu Yu Hakusho na extinta Rede Machette com ele, esses são só os que eu tenho lembrança, acho que eu devia ter uns 4, 5 anos de idade.

 

OG : Animes você tem algum, ou quais são seus preferidos?

Thabata  : Vários rs, mas em especial são os que eu chamo de clássicos como “Saint Seiya”, “Yu Yu Hakusho” e Sailor Moon, acho que é meu Top 3.

 

OG : Todo mundo tem uma história para começar, você começou a fazer cosplay por influência ou porque você teve a ideia por si mesma?

Thabata  : Eu sempre quis fazer, porém nunca tinha ninguém para me fazer “companhia” ou ir nos eventos, quando eu era adolescente o pessoal estava mais interessado em outros programas, então eu meio que deixava de lado. Até que no final de 2014 um amigo fez o Joker do Game Injustice e disse que eu ficaria bem de Zatanna. Acho que aquele era o incentivo que me faltava.

 

OG : Qual foi o seu primeiro cosplay? E quais foram suas motivações para continuar a fazer seu trabalho? E dentre todas , qual foi a maior dificuldade que você encontrou?

Thabata  : Meu primeiro cosplay realmente foi a Zatanna para a CCXP 2015, mas o primeiro que eu usei foi a Princesa Leia na Jedicon SP 2015. Além dos elogios que eu recebi e continuo recebendo, acho que foi a satisfação de finalmente estar fazendo algo que eu queria há anos. Uma das dificuldades acho que está sendo o preço para importar alguns produtos, com o dólar em alta comprar  wigs ou algum acessório está sendo um peso no bolso, além da mão de obra de algumas Cosmakers, sabemos que não é fácil fazer determinadas roupas, reconheço o trabalho delas, mas não vivemos somente de Cosplays.

Cosplay Jedi

OG : Você faz seus próprios Cosplays? Exemplo: Roupa, acessórios, armas, armaduras e etc …

Thabata  : No começo não, eu comprava cada peça que achava similar ao personagem que queria fazer, e as demais pedia para uma costureira minha de confiança produzir. Porém depois de pegar “confiança” comecei a produzir as armas que são utilizadas, cintos e comecei a arriscar a costurar as roupas.

 

OG : De todos os seus Cosplay , qual o seu favorito?

Thabata  : Essa é difícil. Até agora acho que a que eu mais gostei foi a Zatanna Zatara usada na CCXP 2015.

 

OG : Qual a sensação ao finalizar seu cosplay? Você é muita assediada em eventos em questão de pedirem fotos suas?

Thabata  : No meu caso acredito que seja de dever comprido, é muito bom ver algo que você queria tanto produzir, finalizado, ainda mais se estiver do jeito que eu tinha planejado. Nos meus dois primeiros Cosplays (Princesa Leia e Zatanna) o pessoal elogiou e pediu fotos, e fiquei bastante contente em ver que eles respeitavam o meu trabalho e a cosplayer que estava ali.

 

 

OG : O que o mundo cosplay trouxe de bom para a sua vida pessoal ?

Thabata  : Além de algumas amizades e experiências que levarei para a vida toda, ele me trouxe o reconhecimento do esforço dos demais Cosplayers em levar para os eventos o seu trabalho, o reconhecimento das Cosmakers, costureiras e outras pessoas que fazem qualquer acessório para seus cosplays, os fotógrafos que fazem um trabalho lindo deixando o nosso Cosplay mil vezes mais bonito.

 

OG : Você se arrependeu de algum cosplay que fez? Ou pensa que poderia ter melhorado algum?

Thabata  : Não. Mas sempre estou melhorando meus Cosplays, faço modificações neles até hoje pois acho que sempre posso estar melhorando algo.

 Cosplay Annabeth Chase

OG : O que seus pais acham de você fazer cosplay? Houve algum preconceito por parte deles ou dos seus amigos?

Thabata  : Eu vivi duas questões com uma única Cosplay, a Zatanna Zatara. Minha mãe achou que era ousado demais, porém, quando ela viu o resultado ela entendeu e foi a que deu mais apoio depois, algumas amigas acharam que eu mostrei demais o meu corpo por usar roupas curtas.

 

OG : Algum personagem em vista para um futuro cosplay ?

Thabata  : Muitos rs, é como brincamos “Depois que começa não quer mais parar”, porém, para esse ano de 2016 pretendo fazer quatro: Black Canary, Marin de Águia, General Leia e Feiticeira Escarlate, espero conseguir fazer todos.

 

OG : Você já participou de algum concurso ou, Já ganhou algum prêmio? Se sim, qual?

Thabata  : Não, o pessoal me incentiva muito, mas eu não estou preparada ainda. Por enquanto estou satisfeita em tirar fotos com o pessoal.

OG : As pessoas já te reconheceram fora dos eventos como cosplayer? Ou nos evento sem que você estivesse com cosplay?

Thabata  : Sim uma vez andando por um centro comercial um rapaz me abordou e quando confirmei ele disse que eu era muito simpática, aquele elogio me fez ganhar o dia.

 

OG : Você gosta de música japonesa também, Ou você curte mais outros estilos, Quais são seus cantores(as) ou bandas favoritas?

Thabata  : Música Japonesa só gosto mesmo das opening e ending de animes, gosto bastante da GirlsGeneration e da Brown Eyed Girls que são grupos sul-coreanos de K-pop. Mas eu gosto muito de Rock, desde os primórdios do Blues ao Heavy Metal.

Cosplay Princesa Leia

OG : Como hobby o que você gosta de fazer quando não esta nos eventos de cosplay ?

Thabata  : Quando não estou de Cosplay procuro ir atrás de Animes, Mangás, Graphics Novels e HQ’s para completar a minha coleção, literalmente uma “caça” por títulos.

 

OG : Você curte games? Joga algum online ou console? Se sim, qual é seu jogo favorito?

Thabata  : Não sou gamer, mas gosto sim. Já joguei Ragnarok e gosto muito de jogar no XBox 360. Atualmente só jogo RPG de Fórum e Datting Games.

OG : Já aconteceu alguma coisa engraçado ou inusitada com você em um evento ?

Thabata  : Sempre acontece rs. Uma vez eu estava de costa conversando e uma garota me agarrou do nada por trás ai quando eu me virei ela disse que tinha me confundido com outra pessoa e ficamos rindo.

 

OG : Qual é a sua opinião sobre os cosplays atualmente? Você acha que eles melhores ou piores?

Thabata  : Melhores, mas tem aquela questão, sempre dá para melhorar mais e não digo só em relação ao Cosplay mas na forma de tratar as pessoas, todo mundo me elogia pela simpatia e eu entendo o porque, tem muito Cosplayer que deixa o ego subir a cabeça e acaba destratando uma pessoa que só está ali para elogiar o trabalho dele, tem sim aquela pessoa chata que acha que é o personagem e não respeita a pessoa que está interpretando, mas não se pode generalizar.  Acho que nessas questões  tem sim, muito o que melhorar.

 

OG : Por fim, muito obrigado pela sua participação e por nos ceder essa entrevista. Se você quiser, deixe uma mensagem para seus fãs e amigos!

Thabata  : Eu que agradeço pela oportunidade, e o recadinho vai para o pessoal que tem vontade de fazer Cosplay mas falta aquela “coragem”.

Façam: sempre vai ter um do contra, mas você tem que fazer aquilo que tem vontade, e não se preocupem com o que os outros vão pensar, pense na felicidade que aquele momento vai trazer para a sua vida.

Foto Normal

Fotos: Thayana Pellegrini, Renata Brito.

You may also like...