/* ]]> */

SuperNes Nostálgico, Conheça um pouco da história desse console que até hoje alegra muita gente !

O SNES foi um sucesso mundial, tornando-se o console mais vendido da época apesar de seu início relativamente tardio e a competição feroz que enfrentou na Europa e América do norte.

O SNES permaneceu popular até a era de 32 bits e continua a ser popular entre os fãs, colecionadores, retro gamers e entusiastas de emulação, alguns dos quais ainda estão fazendo imagens ROM homebrew.

O sucesso de sua venda foi superior a 50 milhões de unidades por todo o mundo. O SNES foi oficialmente descontinuado em 1999 nos Estados Unidos, e em Setembro de 2003, no Japão.

 super-nintendo-com-controle-e-3-jogos-10079-MLB20024167756_122013-F

Conheça um pouco da história:

Tudo começou quando a NEC decidiu competir com o famoso NES. Sendo assim, lançou o videogame TurboGrafx-16 em Outubro de 1987. Já a SEGA, lançou o videogame Mega Drive em 1988.

Como os dois videogames tinham processadores de 16-bits, mais avançados que o famoso NES, a Nintendo decidiu unir as forças para lançar um videogame com novo sistema, sendo assim o sucessor do Nintendo (Famicom no Japão) batizado com o nome de Super Nintendo (Super Famicom no Japão).

Fora lançado ao fim de 1990 no Japão, nos EUA em Novembro de 1991 e depois em 1992 na Europa.

Versão japonesa (Super Famicom)
Versão americana
Versão européia
Super Famicom Jr. SNES Model 2
Versão japonesa (Super Famicom) Versão americana Versão européia Super Famicom Jr. SNES Model 

A versão européia do console (lançado em 1992) é visualmente idêntica ao modelo japonês. O controle também é praticamente idêntico, com botões coloridos. Porém na Europa o sistema de cores do console é PAL, enquanto no Japão e Estados Unidos é NTSC.

No Brasil, chegou oficialmente apenas em 30 de agosto de 1993, fabricado pela Playtronic (uma joint-venture entre duas empresas, a Gradiente e a Estrela), representante oficial da Nintendo no país na época. Já em versão transcodificada paraPAL-M. Inclusive sendo fabricado por muitos anos em Manaus, até a saída da Gradiente do ramo, em 2003.

A Nintendo garantiu seu sucesso no Japão especialmente por manter velhos parceiros, como CapcomKonamiTecmo,SquareKoeiMidway e Enix, que mantinham a exclusividade da Nintendo de séries como Mega ManFinal Fantasy eDragon Quest. Nos Estados Unidos, o Super NES começou cambaleando, mas logo ultrapassou em vendas seu principal concorrente, o Mega Drive, graças a jogos como Super Mario World, The Legend of Zelda: A Link to the PastStreet Fighter 2Super MetroidMortal Kombat, e os jogos das séries Final FantasyDragon Quest e Donkey Kong Country, consolidando-se, assim, como o maior nome da era 16-bits.

O Super NES e Super Famicom foram lançados com apenas alguns jogos, mas esses jogos foram bem recebidos no mercado. No Japão, apenas dois jogos. Os dois jogos no lançamento foram Super Mario World e F-Zero. O primeiro, estrelado pelo mascote Mario, costumava acompanhar o console nas vendas e contabilizou 20 milhões de cópias. O segundo contabilizou 2,85 milhões e deu início a mais uma série da Nintendo. Na América do Norte, Super Mario World e outros títulos iniciais incluindo F-Zero, Pilotwings (ambos demonstraram a capacidade de renderização pseudo-3D do console “Mode 7“, sendo o ultimo com auxilio de um chip co-processador de nome DSP-1, o mesmo usado em Super Mario Kart), SimCity e Gradius III.

O Super NES foi sucedido pelo Nintendo 64 em 1996.

Atualmente, utilizando emuladores como zSNESSnes9Xuosnes e Snes Station (para Playstation 2), é possível emular os jogos de Super Nintendo no computador, com desempenho semelhante (Não perfeito e nem superior, porém com algumas vantagens, como Save State) ao console original.

Super Nintendo Entertainment System
Super Family Computer
SNES logo.svg
Super Nintendo Entertainment SystemSuper Famicom
Em cima: Super Nintendo Entertainment System – SNES
Em baixo: Super Family Computer – Super Famicon
Fabricante Nintendo
Família do
produto
Super Family Computer – SFC
Tipo Console de videogame
Geração 4ª geração
Lançamento
  • JP 21 de novembro de 1990
  • AN 13 de agosto de 1991
  • EU 11 de abril de 1992
  • AU 3 de julho de 1992
  • BR 30 de agosto de 1993

1

Descontinuado 1999 (EUA)2
2003 (Japão)3
Unidades
vendidas
49 milhões
Mídia Cartucho
CPU Ricoh 5A22 a 3,58 MHz
Gráficos Ricoh 5C77-01(S-PPU1) e 5C78-03(S-PPU2 C)
Controladores 1 a 8 gamepads
Conectividade Modem (via XBAND ou Satellaview)
Serviços
on-line
Satellaview (somente no Japão)
Jogo mais
vendido
Super Mario World, 20 milhões
Retrocompa-
tibilidade
Game Boy (via Super Game Boy)
Antecessor Nintendo Entertainment System
Sucessor Nintendo 64
Especificações técnicas
CPU GPU
5A22-02 01.jpg Western Design Center CMD/GTE 65C816 customizado(CISC)
Frequência de clock:
1.79MHz, 2.68MHz ou 3.58 MHz (variável)
Lisura:
Barramento:
16 bits
Ic-photo-Nintendo--S-PPU2 C--(Super-Nintendo-GPU).png Ricoh 5C77-01 e 5C78-03 S-PPU1 e S-PPU2
Frequência de clock:
2.56 MHz 16 bits
Lisura:
  • Memória de vídeo (Video RAM): 64 KB
  • Resolução: 512 pixels x 448 pixels; 256 x 224
  • Paleta de cores: 32768 (15-bit)
  • Número máximo de cores na tela: 256
  • Tamanho máximo dos sprites: 128 x 128pixels
  • Número máximo de sprites na tela: 128 sprites
  • O SNES Trabalhava com duas PPUs
  • Mode 7
Áudio Mídia
S-SMP 01.jpg Sony SPC700
Canais de áudio:
8
  • 8-Bit para controlar a DSP – clock 1.024MHz
  • Memória de som (Audio RAM): 0.5 Megabit (64 KB)
  • PCM (Pulse Code Modulator): 16-Bit
  • Som estéreo digital
  • Frequencia de Amostragem: 32000
NBAJam.jpg Cartucho
Capacidade normal:
4Mb+
  • Memória (RAMCache para o processador principal: 1 Megabit (128 KB)
  • Resposta do controle: 16 ms
  • Adaptador: entrada – 120 VAC, 60Hz, 17 Watts
  • Adaptador: saída – 10 VDC, 850ma (NTSC), 9 VAC (PAL)
  • Sistema de cores: NTSC (60Hz): EUA, Japão; PAL (50 Hz): Europa; PAL-M: Brasil;
  • Fonte: wikipedia

You may also like...